Número de Repetições e Intensidade Relativa em Membros Superiores e Inferiores: Implicações Para o Treinamento

Por: Hamilton Roschel, Renato Barroso, Saulo Gil, e Vários Autores.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.19 - n.1 - 2011

Send to Kindle


Resumo

Recomendações para o treino de força podem ser baseadas na intensidade relativa ou no número de repetições máximas. Entretanto, sabe-se que o número máximo de repetições com a mesma carga relativa varia de acordo com o exercício e o tamanho do grupo muscular. Além disso, considerando essa possível diferença nas respostas musculares a diferentes cargas, a execução de múltiplas séries pode afetar o número máximo de repetições em cada série diferentemente em exercícios para segmentos corporais distintos. Com o objetivo de comparar o número de repetições realizadas com uma mesma intensidade relativa recomendada para hipertrofia muscular em dois diferentes exercícios, doze homens jovens treinados foram testados para força máxima (1RM) nos exercícios leg-press e supino reto. Uma semana depois, os participantes realizaram três séries até a falha concêntrica com carga igual a 80% de 1RM com dois minutos de intervalo entre séries. O número máximo de repetições realizadas em cada série foi anotado e utilizado para análise estatística. A análise por modelos mistos revelou que o número de repetições realizadas no leg-press foi maior do que no supino reto (p

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/1590

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.