O Abrasileiramento do Clube de Remo dos Italianos em Porto Alegre nas Décadas de 1930-1940

Por: e .

Movimento - v.18 - n.3 - 2012

Send to Kindle


Resumo

Este artigo trata da recomposição identitária pela qual passou o Club Canottieri Ducca degli Abruzzi durante o período do Estado Novo (1937-1945) ocorrido no Brasil. O Club Canottieri foi fundado por imigrantes italianos e seus descendentes, no ano de 1908 em Porto Alegre. Além do remo, este clube fomentava outras práticas e representações culturais que o reconheciam com identidade cultural italiana. Porém, quando o Brasil aderiu a Segunda Guerra Mundial (1939-1945), o clube renegociou sua identidade ao assumir representações identitárias brasileiras. Como ocorreu o processo de nacionalização do “Clube de Remo dos Italianos” em Porto Alegre no período demarcado entre final da década de 1930 e meados dos anos de 1940? Para responder a esta questão, foram coletados indícios sobre o clube em fontes impressas, como jornais, revistas, almanaques, dentre outras, e produzidas fontes orais. O Canottieri não marcou sua história apenas como um dos clubes de remo de Porto Alegre, mas sim como o primeiro clube esportivo com representação italiana. Este clube resistiu ao seu processo de abrasileiramento e buscou a manutenção de sua identidade cultural de origem.

Endereço: http://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/20049

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.