O Aluno Invisível na Aula de Educação Física: Perspectivas de Alunos Surdos ou com Perda Auditiva Sobre Inclusão

Por: Luciana Moreira Ferreira Leite e Maria Luíza Tanure Alves.

11° Congresso Brasileiro de Atividade Motora Adaptada - CBAMA

Send to Kindle


Resumo

Atualmente as pesquisas sobre a inclusão em aulas de educação física têm assumido o papel protagonista dos alunos com deficiência na construção do conhecimento. No entanto, essas pesquisas estão focadas principalmente em alunos com deficiências físicas ou visuais. Pesquisas com alunos surdos ou perda auditiva ainda são escassas. Nesse cenário, este estudo tem como objetivo investigar a perspectiva de alunos surdos ou perda auditiva em suas aulas de educação física, com foco na compreensão dos valores e crenças sobre a deficiência por trás deste contexto específico. Participaram do estudo sete alunos com perda auditiva ou surdez. Estes alunos foram entrevistados individualmente com auxílio de uma intérprete da língua de sinais. As entrevistas foram analisadas através da técnica de analise de conteúdo com categorização temática. As aulas de educação física são um local difícil para os alunos com surdez ou com deficiência auditiva. Apesar de sua presença na turma, esses alunos não puderam participar de atividades sendo ignoradas pelos professores e colegas. As aulas de educação física são reconhecidas como um local de padrão de normalidade sem aceitação da língua de sinais. Nesse cenário, as perspectivas destes alunos frente ao contexto esportivo ainda são limitadas.

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.