O Ballet Clássico e as Implicações Anatômicas e Biomecânicas de Sua Prática Para os Pés e Tornozelos

Por: Aweliton Fernando Peres dos Anjos e Renata Duarte Simões.

Conexões - v.8 - n.2 - 2010

Send to Kindle


Resumo

O estudo identificou qual a prevalência de lesões no tornozelo e pé entre praticantes de ballet clássico na cidade de Vitória/ES, assim como seus aspectos causadores. Participaram da pesquisa 26 bailarinas com média de idade correspondente a 19,6 anos, que foram acometidas por lesão(ões) no tornozelo e/ou pé decorrentes da prática. Os dados foram coletados por meio de questionários semi-estruturados aplicados às dançantes. Concluiu que as lesões mais apresentadas foram as bolhas, calos, entorses, tendinites, hálux valgos (joanete), fraturas e luxações. Os principais causadores das lesões apontados foram: treinamento excessivo, os passos específicos do ballet clássico e o uso da sapatilha de ponta.

Endereço: http://fefnet178.fef.unicamp.br/ojs/index.php/fef/article/view/498

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.