O Brincar e Suas Teorias

Por: Tizuko Kishimoto.

172 páginas. Cengage Learning. 2011

Send to Kindle


Sobre a Obra

O livro trata de concepções sobre o brincar provenientes de três campos de estudo: socioculturais, filosóficos e psicológicos. Pesquisadores franceses discutem o brincar como fenômeno cultural e ressaltam aspectos culturais expressos nos “livros-surpresa”. Perspectivas filosóficas sobre o brincar introduzidas por Froebel e Dewey merecem destaque, ao lado de teorias psicológicas como as de Wallon, Vygotsky, Bruner e Lacan, analisadas pelo grupo brasileiro. A obra destina-se a professores do Magistério do Ensino Médio, a alunos e professores de graduação e pós-graduação nas áreas de Pedagogia, Psicologia e correlatas, bem como a todos os que se interessam pela criança e seu brincar.

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.