O Brincar: Linguagem da Infância, Língua do Infantil

Por: Fernando Donizete Alves.

Motriz - v.12 - n.2 - 2006

Send to Kindle


Resumo

O presente artigo trata do brincar infantil e sua relação com a educação escolar, discutido à luz da teoria psicanalítica. Teve como objetivo discutir o brincar como uma linguagem própria da criança e, portanto, essencial para seu desenvolvimento. Atualmente, os profissionais da educação reconhecem o brincar como uma atividade que favorece a aprendizagem e o desenvolvimento da criança. Porém, a prática educativa demonstra que não tem sido explorada a dimensão criativa do brincar, que é a sua essência. O brincar associado à educação da criança na escola deve possibilitar espaços concretos de criação e descoberta, elementos fundamentais para a aprendizagem.

Endereço: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/motriz/article/view/100/77

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.