O Brincar na Educação Infantil e a Formação de Professores

Por: D. F. Horácio e L. F. Silva.

IX Congresso Internacional de Educação Física e Motricidade Humana XV Simpósio Paulista de Educação Física

Send to Kindle


Resumo

Atualmente é importante que o lúdico se torne um dos eixos fundamentais tanto na Educação Infantil quanto no Ensino Fundamental, pois é um componente da cultura, que juntamente das características e necessidades das crianças, favorece o desenvolvimento humano Marcellino (2007), Kishimoto (2008) Huizinga (2000). Há algum tempo as escolas não dão o devido valor ao lúdico, por conta da organização social predominante nas sociedades capitalistas ocidentais. A brincadeira nas escolas é vista como perda de tempo ou algo sem valor educacional aos alunos, e neste caso, por sua preciosidade e valor é que é preciso preparar profissionais com conhecimentos para que possam compreender, interpretar e utilizar o lúdico como forma de desenvolvimento da criança e para ampliar o aprendizado da mesma, extrapolando conteúdos educacionais Freire (1995). Este trabalho consistiu em estudar como a abordagem do lúdico ocorre nas escolas no ciclo I do Ensino Fundamental. Conhecer as representações da infância desde o surgimento até a atualidade, a importância do lúdico no processo de formação e desenvolvimento da criança, investigou também o papel da escola na contribuição desse processo de desenvolvimento humano, tendo em vista o processo de adultização pelo qual passam a maioria das crianças da faixa etária estudada. A metodologia constou de pesquisa bibliográfica e documental sobre as temáticas afins e pesquisa de campo com a realização de observação participante, com as crianças de seis anos no primeiro ano do ensino fundamental e realização de entrevistas semi estruturadas com as professoras de uma escola estadual no município de Bauru Gil (2002). Analisamos também, as concepções dos professores sobre o lúdico utilizando entrevista semi aberta como recurso inicial. Verificamos que 40% dos participantes desconhecem tal termo e trabalham com o lúdico de vez em quando em sala de aula. A introdução de atividades lúdicas na escola teve uma repercursão satisfatória com o ingresso de outras classes no decorrer do desenvolvimento do projeto. Os alunos se envolveram, participaram em todo o processo. No entanto, para que o lúdico se efetive na escola, é necessário que haja formação básica suficiente e também formação continuada aos professores, para que rompam com pardigmas cristalizados em suas práticas docentes. Também e sobretudo, que as políticas públicas considerem as crianças e a infância antes que se tornem adultos, como seres com identidade própria. Todas as necessidades podem e devem ser sanadas na formação profissional básica, e na qualificação ao longo da carreira. Também com políticas públicas de valorização do profissional docente e sobretudo, de preparo e recursos para que os professores se preparassem de forma mais autônoma, como intelectual que sabe o que faz, que é detentor de saberes e que é respeitado, sendo responsável sobre a sua ação pedagógica.

Endereço: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/motriz/article/view/10060/10060

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.