O Caso da Equipe de Voleibol Feminino Rexona (1997-2003): Um Estudo das Inter-relações com a Mídia Esportiva

Por: .

161 páginas. 2008 28/03/2008

Send to Kindle


Resumo

O cenário brasileiro da modalidade Voleibol tem focado uma órbita de seguidores que buscaram, inicialmente, um simples passatempo e viram o campo do esporte se transformar em um concorrente espaço de lutas por interesses semelhantes. Para o sociólogo francês Pierre Bourdieu, antes de discutir o processo de desenvolvimento das modalidades esportivas, é preciso inserí-las em um espaço de práticas sociais denominadas de campo, a fim de compreender as relações envolventes, quem são os agentes sociais e as posições ocupadas por estes dentro desse campo. A partir do referencial de análise do modelo da Teoria dos Campos de Pierre Bourdieu, preconizou-se a leitura da equipe profissional feminina Rexona, como um dos componentes do subcampo do Voleibol, definido como um espaço de práticas sociais que respeita os contornos da lógica mercantil e transmuta dentro de um processo de concorrência entre as configurações, ou seja, as modalidades esportivas. A problemática central da investigação circunscreve a compreensão de como a equipe profissional feminina de Voleibol Rexona se inseriu no campo esportivo, qual foi o movimento interno das estruturas que ocasionou a transferência da equipe de Curitiba, como esse fato foi percebido pelos agentes sociais inseridos no processo de consolidação e desenvolvimento da equipe em Curitiba e pela mídia impressa paranaense. Para a consecução do objetivo proposto, foi realizado um estudo de caso de cunho qualitativo, tendo como instrumentos de coleta de dados a identificação pelo procedimento da análise de conteúdo de 425 documentos midiáticos publicados sobre a equipe no Caderno de Esportes do Jornal Gazeta do Povo (JGP) no período de março de 1997 a setembro de 2003, além da realização de quatro entrevistas semiestruturadas com personagens envolvidos com os principais reordenamentos desse recorte temporal. Os resultados indicaram que a inserção da organização esportiva Rexona no campo esportivo se deu a partir de um quadro de interdependências em mutação relacionado aos elementos que Bourdieu aponta para a formação do campo. Esse entrelaçamento esteve ligado à lógica de três campos distintos delimitados pelo estudo – o campo esportivo, o campo do marketing esportivo e o campo da mídia impressa – os quais podem ser apontados pela dinâmica de forças convergentes e divergentes em que se envolveram e na resultante dessa disputa que foi a transferência da equipe profissional Rexona de Curitiba. Palavras-Chave: Rexona, Voleibol, Mídia Esportiva. 

Endereço: http://hdl.handle.net/1884/16114

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.