O Cibertorcedor, os Empresários da Rede e os Sites das Agremiações Esportivas: o Caso São Paulo Futebol Clube

Por: .

XXIX Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação - Intercom

Send to Kindle


Resumo

O pesquisador catalão Manuel Castells (2003) define a cultura da Web como o resultado da combinação de quatro culturas que coexistem no ciberespaço: a dos acadêmicos, a dos hackers, a dos empresários e a das comunidades on-line. O objetivo deste trabalho é investigar, através da análise do site oficial do São Paulo Futebol Clube, as modificações que a cultura dos empresários do ciberespaço provocam na cultura que envolve o futebol enquanto forma de entretenimento e consumo na rede mundial de computadores. A importância desse esporte como elemento de afirmação da identidade nacional vai, paulatinamente, perdendo espaço para os clubes de futebol supranacionais. Surge assim, no seio dessa cibercultura, a torcida virtual, verdadeira forma de inteligência coletiva em torno do futebol, que ultrapassa as relações locais em função de uma dinâmica de comunicação planetária.

Endereço: http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2006/index.htm

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.