O Clubismo na Imprensa Desportiva Portuguesa: os Clássicos das épocas 2008/2009, 2009/2010 e 2010/2011

Por: Ana Sofia Brum da Silva.

170 páginas. 2013 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

Graças à centralidade que ocupa na sociedade atual, o futebol é um fenómeno vincadamente edificado pelos media, que conjugam a sua vertente de espetáculo com a orientação para o mercado, arquétipo na imprensa desportiva. Partindo da ideia de que o “desporto-rei” movimenta multidões de adeptos e aficionados, a presente dissertação tem por objeto de pesquisa a eventual existência de um alinhamento clubista por parte dos jornais A Bola, O Jogo e Record. Mais concretamente, analisa a forma como foram noticiados na imprensa desportiva portuguesa os confrontos entre Benfica, FC Porto e Sporting relativos ao Campeonato Nacional, Taça da Liga e Taça de Portugal nas épocas desportivas de 2008/2009, 2009/2010 e 2010/2011. As alegadas identificações e filiações d’A Bola com o Benfica, d’O Jogo com o FC Porto e do Record com o Sporting são testadas com base numa análise metodológica complexa, que contemplou desde dados quantitativos a qualitativos (meta-performance analysis), obtidos pela análise da cobertura noticiosa constituída por 3657 textos jornalísticos. Estes resultados foram articulados com a análise de inquéritos (adaptados do projeto Worlds of Journalism) realizados a 100 jornalistas que operam nas editorias de desporto dos media portugueses, pertencendo a maior parte aos diários desportivos em apreço, e complementados com entrevistas a jornalistas desportivos de outros meios de comunicação. Feita uma resenha do jornalismo desportivo português, as suas peculiaridades face ao “grande” jornalismo e os paradigmas desta profissão, a análise confirma a existência de um clubismo suis generis, com base na identificação clubista no caso d’A Bola com o Benfica e d’O Jogo com o FC Porto. Esta tendência decorre de uma orientação para o mercado das publicações, e não propriamente da preferência clubista dos jornalistas.
Due to the centrality it occupies in today’s society, football is a phenomenon that is distinctly built by the media, which combines its show business with its market’s orientation, an archetype of the sports press. Taking as our starting point the idea that this "beautiful game" inspires millions of fans and supporters, the purpose of this dissertation is to discover the possible existence of a club alignment on behalf of the following newspapers: A Bola, O Jogo and Record. More specifically, it analyzes how the major matches between Portuguese Benfica, FC Porto and Sporting for the National Championships and the League Cup and the Cup of Portugal in the seasons 2008/2009, 2009/2010 and 2010 / 2011 were reported by these Portuguese sports media. The alleged membership and possible identification of A Bola with Benfica, of O Jogo with FC Porto and of Record with Sporting is hereby tested in a complex methodological analysis, which includes quantitative and qualitative data (meta-performance analysis), obtained through the analysis of news coverage consisting of 3657 newspaper articles. These results were articulated with the analysis of surveys to 100 journalists operating in the sports editorials of the Portuguese media, the majority belonging to the sportmedia covered, and complemented with interviews of journalists from other media. Having made a review of the Portuguese sports journalism, its peculiarities in relation to the "major" journalism and the paradigms of this profession, the analysis confirms the existence of suis generis club identification in the cases of A Bola with Benfica and O Jogo with FC Porto. This trend stems from the market orientation of the referred publications, and not from the club preferences of the journalists.

Endereço: http://hdl.handle.net/10348/4284

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.