O Comportamento da Coluna Vertebral Sob Tração Mecânica

Por: Cristine Maria Weidle.

80 páginas. 2004 04/08/2004

Send to Kindle


Resumo

Este estudo analisou o comportamento mecânico da coluna vertebral sob diferentes cargas de tração (0, 30 e 60% do peso corporal). Quinze sujeitos saudáveis do sexo masculino tiveram medidas a variação de estatura a cada 7 minutos durante 42 minutos de tração. A tração foi imposta através de uma mesa pneumática, enquanto que as variações de estatura foram determinadas por meio de um estadiômetro de precisão. Os ganhos de estatura seguiram a um modelo linear. A condição de tração de 60% do peso corporal propiciou os maiores aumentos de estatura em comparação as outras condições experimentais. Todavia, tais ganhos somente foram observados a partir do 21º minuto de aplicação da tração. Após o período de tração os sujeitos permaneceram em pé e a variação de estatura foi monitorada a cada 5 minutos durante 45 minutos. Observou-se que a estatura retornou a condição inicial ao final do protocolo de forma exponencial. A análise do modelo exponencial revelou que os maiores ganhos da estatura foram obtidos na primeira metade da fase de recuperação após as cargas de 60% do peso corporal. Conclui-se que a condição de tração de 60% do peso corporal produziu os maiores ganhos na estatura em comparação às outras condições experimentais. 

Endereço: http://hdl.handle.net/1884/516

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.