O Conhecimento da Educação Física Escolar e o Professor Não Especialista

Por: e Meire Mello.

VII Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Muitos professores não especialistas são responsáveis, mediante resolução oficialde 1995, a ministrarem aulas de Educação Física nas séries iniciais do ensino escolarizado. Para este trabalho, apresenta-se como problema a ser analisado, a capacitação profissional do professorpolivalente, para a atribuição das aulas de Educação Física dentro da rede pública no 19 e 2 e ciclos do ensino fundamental. O presente estudo, através de revisão literária, tem como objetivo buscar elementos para reflexão sobre o papel e participação dos professores não especialistas junto ao componente curricular Educação Física. Considero-se que: a) as leis, unicamente, não tem poderes para modificar a situação secundária da Educação Física escolar. Aindaque um ou outro termo seja alterado, isto não é suficiente para transformar uma atividade mauvista emstatus de componente curricular ;b) a referida resolução de 1995, que autoriza aos professores não especialistas ministrarem aulas de Educação Física, é um reflexo do pensamento do meio educacional e social sobre a disciplina; c) os licenciados em Educação Física não são devidamente preparados para atuarem na instituição escolar. Não possuem subsídios para compreenderem a dinâmica escolar; d) dentro dos cursos de graduação em Educação Física, não há clareza entre as diferença dos conteúdos pertinentes ao conhecimento escolarizado e ao não escolarizado, sendo que, estes conteúdos transitam livremente, ora objetivando um, ora objetivando outro, visto que para isso, é preciso apenas alguns "ajustes". Através da literatura consultada percebemos que a maioria dos professores não especialistas possuem uma concepção errônea da Educação Física, provavelmente disseminada por ela própria. Concluiu-se então que esta deficiência é causada pelamáformação profissional do professorespecialista e de que a questão da não necessidade do professor de Educação Física na escola é apenas um dos pontos críticos gerados por este fator. Acreditamos ser bem mais simples preparar mais adequadamente o professor de Educação Física do que ensinar uma nova profissão ao pedagogo.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.