O Conteúdo Biomecânico na Educação Física Escolar: Uma Análise a Partir dos Parâmetros Curriculares Nacionais

Por: Fabiana Fernandes de Freitas e Paula Hentschel Lobo da Costa.

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte - v.14 - n.1 - 2000

Send to Kindle


Resumo

Os Parâmetros Curriculares Nacionais para a Educação Física Escolar (1997) fazem menção à Biomecânica como conteúdo que deve ser abordado de aneira simplificada no 2º ciclo do ensino fundamental, devendo ser aprofundado no final do ensino édio. No entanto, este documento não oferece referências suficientes que orientem o professor quanto a uma possível interação entre estas duas áreas, tratando-as como universos distintos do conhecimento, uase sem interseções possíveis no âmbito da prática escolar. Diante disto, propõe-se a discussão da concepção de Biomecânica apresentada na proposta dos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) para a Educação ísica Escolar e, a partir daí, uma reavaliação do papel dos conhecimentos derivados da Biomecânica no ontexto escolar. O pressuposto para a presente discussão é o de que as aulas de Educação Física roporcionam um conjunto de vivências motoras que podem ser aproveitadas para a assimilação de conceitos bstratos acerca do movimento humano, contribuindo consideravelmente para a estruturação de uma aprendizagem que leve à autonomia do indivíduo quanto à sua prática de atividades físicas.

Endereço: http://citrus.uspnet.usp.br/eef/uploads/arquivo/v14%20n1%20artigo5.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.