O Corpo na Performance Musical: Perceções, Saberes e Convicções

Por: Beatriz Licursi, Elsa Morgado, Levi Leonido e Mário Cardoso.

Motricidade - v.13 - n.1 - 2017

Send to Kindle


Resumo

estudo que se apresenta inscreve-se no processo de reflexão sobre a relação, relevância e intervenção do corpo na performance musical. Considerando que todo o processo performativo exige e reclama uma participação unificada do instrumento, mente e do corpo, revela-se a necessidade de aprofundar a reflexão acerca dos percepções, saberes e convicções do corpo docente, discente e profissional da área da música. Dada a acção de complementaridade existente entre a dimensão corporal e performativa é fundamental considerar a qualidade que essa relação assume nos processos de aprendizagem. Face aos objetivos do estudo, optámos, assim, por uma concepção metodológica que possibilita uma articulação de abordagens qualitativas e quantitativas, fundamentais para compreender, descrever e interpretar as diferentes representações/percepções dos participantes. Deste modo, foi utilizado como instrumento de recolha de dados a inquirição por questionário (Questionário I e II), dirigido ao corpo docente e discente da área da música da Universidade Federal do Rio de Janeiro e investigadores da Associação Brasileira de Performance Musical. Os resultados obtidos evidenciam que a coordenação diferenciada e os movimentos corporais assumem condição essencial para o músico e respetiva performance.

Endereço: http://revistas.rcaap.pt/motricidade/issue/view/730

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.