O Corpo Virtualizado nas Relações Tecnológicas com o Esporte nos Jogos de Vídeo e Mídias Informacionais

Por: Ana Raquel Mendes dos Santos, Bruno Medeiros Roldão de Araújo, Clara Maria Silvest, Patrícia de Jesus Costa dos Santos e .

Revista da Educação Física - UEM - v.29 - n.1 - 2018

Send to Kindle


Resumo

A representação esportiva e corporal nos jogos de vídeo e telespetáculo esportivo promovem ressignificações da cultura corporal de movimento. Diante deste cenário, o objetivo da pesquisa foi identificar e analisar o consumo midiático relacionado à virtualização esportiva e sua influência subjetiva na conformação dos corpos. Trata-se de uma pesquisa descritiva de campo, com abordagem qualitativa, realizada com 50 estudantes, na faixa etária da juventude, de 15 a 24 anos de idade, da rede pública de Ensino Médio e do Ensino Superior da Universidade de Pernambuco - UPE na cidade de Recife - PE, Brasil. Os dados foram discutidos à luz da Análise de Conteúdo e os resultados indicaram que a virtualização esportiva midiática é marcada pela reprodução espetacularizada, conduzindo ao entendimento de uma constituição corporal multifacetada tanto no esporte telespetáculo, como na prática corporal e/ou virtual.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/33831

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.