O Curso de Licenciatura em Educação Física: as Contribuições dos Estágios Curriculares Supervisionados Para a Formação de Professores Reflexivos

Por: Carla Prado Kronbauer.

2013 18/04/2013

Send to Kindle


Resumo

Este estudo está inserido na Linha de Pesquisa Formação, Saberes e Desenvolvimento Profissional (PPGE/CE/UFSM) e teve como objetivo analisar como os acadêmicos do curso de Licenciatura em Educação Física do CEFD/UFSM caracterizam as reflexões acerca da sua prática pedagógica, nas disciplinas de Estágio Curricular Supervisionado I, II e III, e a relação dessas qualificações com os processos de reflexividade. Esta pesquisa justificou-se pela importância de compreendermos como os cursos de formação de professores de Educação Física em nosso país estão se adequando às atuais reformas realizadas nas estruturas curriculares a partir da promulgação das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica e das Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de Graduação em Educação Física, bem como enfatizarmos sobre a necessidade de o ensino reflexivo estar arraigado ao longo do currículo dos cursos de formação inicial de professores, a fim de que os futuros docentes sintam-se instigados a refletirem criticamente sobre suas ações como docentes. Os caminhos metodológicos que foram adotados seguiram os pressupostos da abordagem qualitativa do tipo estudo de caso. O campo de estudo foi o Centro de Educação Física e Desportos da Universidade Federal de Santa Maria, com as informações coletadas através da análise de entrevistas semi-estruturadas feitas com seis acadêmicos que já realizaram cada uma das disciplinas de Estágio Curricular Supervisionado I, II e III do curso de Licenciatura em Educação Física. Para interpretar as informações coletadas utilizou-se a análise de conteúdo. Concluímos com este estudo que a Licenciatura em Educação Física do CEFD/UFSM está caracterizada por elementos que servem para termos uma noção de como este curso influencia ou não na qualidade das ações dos futuros professores que nele estão inseridos, de modo que os acadêmicos ao perceberem a sua real função como professores atribuem isto à sua propensa identificação como educadores anteriormente ao ingresso no curso, advinda de experiências positivas que tiveram quando alunos da Educação Básica. Em relação ao desenvolvimento do curso, foi identificado que tanto algumas disciplinas, que abordam conhecimentos, por vezes, muito distantes da realidade escolar, quanto as metodologias de alguns professores, que ainda advém de um ensino técnico, não auxiliam para uma formação docente de qualidade. E, quanto às ações educativas, especificamente nos Estágios Curriculares Supervisionados I, II e III, deduziu-se que o processo reflexivo é realizado antes, durante e após estas intervenções pedagógicas de modo que através disto adquire-se conhecimentos que podem embasar futuras atuações docentes. Ainda, no desenvolvimento deste “pensar sobre” as ações docentes, alguns aspectos (estratégias) proporcionaram uma melhor análise das práticas pedagógicas a fim de que as mesmas possam ser ressignificadas para que a união entre teoria e prática se caracterize como sendo uma busca constante no desenvolvimento das atividades do processo de ensino aprendizagem no âmbito escolar.

Endereço: http://cascavel.cpd.ufsm.br/tede/

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.