O Direito a Expressão Corporal, a Brincadeira e a Ludicidade na Infância e Adolescencia

Por: Bruna Kely Silva Pereira, Maristela Vicente de Paula, Neila Maria Mendes e Wesley Assis Belém.

XVIII Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e V Conice - CONBRACE

Send to Kindle


Resumo

O presente trabalho trata-se de um estudo que busca refletir sobre as condições de acesso das crianças e adolescentes a equipamentos sociais voltados ao brincar e a outras formas de expressões do universo lúdico infantil, a partir da experiência de um projeto de intervenção social na periferia urbana da cidade de Catalão(GO). A interação com as crianças e adolescentes participantes do projeto propiciam elaborações sobre questões relativas aos direitos humanos e as políticas públicas voltadas para essa população. Como resultados, identificamos direitos negados à infância e adolescência vinculados a própria concepção dos termos, bem como das condições de vida das famílias das quais são pertencentes. Nesse contexto a brincadeira esta relegada ao tempo que excede a turno escolar e as tarefas com que as crianças e adolescentes dividem ou assumem indevidamente com os adultos.

Endereço: http://cbce.tempsite.ws/congressos/index.php/conbrace2013/5conice/paper/view/5706

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.