O Discurso dos Professores de Educação Física Sobre Sua Prática Pedagógica em Saúde Um Estudo na Rede Municipal de Fortaleza, Ce

Por: Arliene Stephanie Menezes Pereira e Symon Tiago Brandão de Souza.

Lecturas: Educación Física y Deportes - v.25 - n.267 - 2020

Send to Kindle


Resumo

No estudo é apresentado uma breve introdução sobre a abordagem pedagógica da saúde na Educação Física escolar. Objetivando traçar um perfil e analisar as práticas pedagógicas dos docentes da disciplina de Educação Física nas escolas da rede municipal de Fortaleza/CE, acerca do tema saúde. A pesquisa é de caráter quantitativa, descritiva, onde foram realizadas entrevistas através de questionários, com o uso das Tecnologias da informação e comunicação, com 87 docentes (33,72% do total de professores da rede) que atuam no ensino fundamental II. Identificou-se que 100% dos professores entrevistados trabalham o tema saúde em suas práticas docentes na escola, indicando assim, a notoriedade do tema na área. Concluindo-se que os docentes usam de temas diversos para se trabalhar a temática saúde, todos versando sobre o que preconiza a versão em construção da Base Nacional Comum Curricular-BNCC. Atribuindo a disciplina um caráter transformador da sociedade por meios de práticas que são explanadas para a promoção e manutenção da saúde e da qualidade de vida.

Referências

Bandeira, A. P. R. M., Souza, A. E. F., Soares, R. S. S., Lobo, W. G., Rocha, E. L. (2014). A abordagem pedagógica saúde renovada nas aulas de Educação Física escolar. Lecturas: Educación Física y Deportes, Revista Digital. Buenos Aires, Año 19, Nº 196, Septiembre. Recuperado de: https://www.efdeportes.com/efd196/saude-renovada-nas-aulas-de-educacao-fisica-escolar.htm

Betti, M. (1991). Educação Física e Sociedade. São Paulo: Movimento.

Bracht, V. et al. (2011). A educação física escolar como tema da produção do conhecimento nos periódicos da área no Brasil (1980-2010): parte I. Movimento, v.17, n. 2, p. 11-34. Recuperado de: https://seer.ufrgs.br/Movimento/article/view/30158

Brasil (1996). Carta de Ottawa, declaração de Adelaide, declaração de Sundswal e declaração de Bogotá. Ministério da Saúde. Promoção da saúde. Brasília: Ministério da Saúde/Fundação Oswaldo Cruz.

Brasil (1997). Parâmetros Curriculares Nacionais: Educação Física. Brasília: Secretaria de Educação Fundamental, MEC/SEF.

Brasil (1998). Parâmetros Curriculares Nacionais: Temas Transversais Saúde. Ministério da Educação e do Desporto. Brasília: MEC/SEF, vol.9.

Brasil (1999). Parâmetros Curriculares Nacionais.Ministério da Educação e Desporto. Secretaria de Ensino Médio e Tecnológico. Brasília: MEC/SEM, 1999 (Área: Linguagens, Códigos E Suas Tecnologias – Educação Física).

Brasil (2012). Programa Saúde na Escola - Informações gerais. 2012. Recuperado de: http://portal.saude.gov.br/portal/saude/Gestor/visualizar_texto.cfm?idtxt=38070

Brasil (2013). Programa saúde nas escolas. Ministério da Educação e Desporto. Brasília: Mec/PSE.

Brasil (2018). Base Nacional Comum Curricular. Ministério da Educação. Brasília. Recuperado de: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/abase/

Brasil (2000). Parâmetros Curriculares Nacionais. Temas transversais: meio ambiente e saúde (2ª ed.). Rio de Janeiro: DP&A.

Couto, A. N., Kleinpaul, W. V., Borfe, L., Vargas, S. C., Pohl, H. H., Krug, S. B. F. (2016). O ambiente escolar e a promoção da saúde. Revista do Departamento de Educação Física e Saúde e do Mestrado em Promoção da Saúde da Universidade de Santa Cruz do Sul/Unisc., Ano 17, Vol. 4 (Sup. 1) Out/Dez. Recuperado de: https://online.unisc.br/seer/index.php/cinergis/article/view/8150

Darido, S. C. (2003). Educação Física na escola: questões e reflexões (1ª ed.). Rio de Janeiro: Editora Guanabara Koogan.

Darido, S. C., Rangel, I. C. (2011). Educação Física na escola: Implicações para a prática pedagógica (2ª edição). Rio de Janeiro: Editora Guanabara Koogan.

Ghiraldelli Junior, P. (1998). Educação Física Progressista. São Paulo: Edições Loyola.

Guedes, D. P., Guedes, J. E. R. P. (1993). Subsídios para implementação de programas direcionados à promoção da saúde através da educação física escolar. Revista da Associação de Professores de Educação Física de Londrina, v.8, n.15, p.3-11.

Guedes, D. P., Guedes, J. E. R. P. (1996). Controle do Peso Corporal: Composição Corporal Atividade Física e Nutrição. Londrina: Midiograf.

Nahas, M. V. (1997). Atividade física como fator de qualidade de vida. Revista Artus, v. 13, n. 1, p.21-27.

Nahas, M. V., Corbin, C. B. (1992). Educação para a aptidão física e saúde: justificativa e sugestões para implementação nos programas de educação física. Revista Brasileira de Ciência e Movimento, v.6, n.3, p.14-24. Recuperado de: https://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/219

Oliveira Júnior, L. H. F., Figueiredo, P., Silva, A., Ferreira Neto, R., Rocha, S. A. (2018). Mito e realidade: a Educação Física escolar passada a limpo. Lecturas: Educación Física y Deportes, 22 (238), 76-93. Recuperado de: https://www.efdeportes.com/index.php/EFDeportes/article/view/308

Oliveira, J. P, Tenório, K. M. R., Paiva, A. C., Rodrigues, S. L. C., Oliveira, R. F. C., Júnior, M. S. (2017). The constitution of school health knowledge in the context of pedagogical practice in School Physical Education. Revista Motricidade, vol. 13, SI, pp. 97-112. Recuperado de: https://revistas.rcaap.pt/motricidade/article/view/12875/10012

Oliveira, V. J. M. (2019). O tema da saúde na educação física escolar em três periódicos de educação física brasileira. Conexões: Educação Física, Esporte e Saúde, Campinas: SP, v. 17, p. 1 – 17. Recuperado de: https://doi.org/10.20396/conex.v17i0.8654678

Paiva, A. C., Oliveira, J. P., Tenório, K. M. R., Melo, M. S. T., Junior, M. S. (2017). Health in curricular proposals for the teaching of physical education in the Brazilian Northeast: what to teach? Revista Motricidade, v. 13, SI, pp. 2-16. Recuperado de: https://revistas.rcaap.pt/motricidade/article/view/12868/10003

Santana, D. P., Costa, C. R. B. (2016). Educação Física escolar na promoção da Saúde. Revista Científica Multidisciplinar Núcleo Do Conhecimento. Ano 01, Edição 01, Vol. 10, pp. 171-185, Nov. Recuperado de: https://www.nucleodoconhecimento.com.br/educacao/escolar-promocao-saude

Silva, J. S., Mendonça, W. F., Bastos, L. L. A. G., Leite, S. T. (2017). O conceito de saúde e de hábitos saudáveis em adolescentes escolares. Pensar a Prática, Goiânia, v. 20, n. 4, out/dez. Recuperado de: https://www.revistas.ufg.br/fef/article/view/43918

Silva, K. F., Ribeiro, E. J., Oliveira, I. C. G, Oliveira, J. S., Carvalho Neto, A. R., Martins, G., Magalhães, D. B. C. (2015). Educação Física e Saúde Renovada: uma proposta para cidadania. Lecturas: Educación Física y Deportes, Revista Digital. Buenos Aires, Año 19, Nº 202, Marzo. Recuperado de: https://www.efdeportes.com/efd202/educacao-fisica-e-saude-renovada.htm

Soares, C. L., Taffarel, C., Varjal, E., Castellani Filho, L., Escobar, M, Bratch, V. (1992). Metodologia do ensino de Educação Física. São Paulo: Cortez. Coleção magistério 2º grau. Série Formação do professor.

Soares, C. (1994). Educação Física: raízes europeias e Brasil. Campinas: Autores Associados.

Zancha, D., Magalhães, G. B. S., Martins, J., Silva, T. A., Abrahão, T. B. (2013). Conhecimento dos professores de Educação Física escolar sobre a abordagem saúde renovada e a temática saúde. Conexões, Campinas, v. 11, n. 1, p. 204-217, jan/mar. 2013. Recuperado de: https://doi.org/10.20396/conex.v11i1.8637638

Endereço: https://www.efdeportes.com/efdeportes/index.php/EFDeportes/article/view/1737

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.