O Efeito da Fadiga no Senso de Posição da Articulação do Joelho

Por: Frederic Mallrich Junior.

80 páginas. 2014 19/12/2014

Send to Kindle


Resumo

A função proprioceptiva precisa favorece o controle das ações musculares. Sendo assim, a avaliação proprioceptiva é importante, uma vez que o controle neuromuscular depende do desempenho proprioceptivo. Estudos prévios que investigaram a influência da fadiga no senso de posição articular (SPA) do joelho encontraram resultados controversos, mostrando que ainda não há um consenso na literatura sobre os mecanismos que afetam negativamente o SPA. O objetivo do presente estudo foi investigar se o SPA é influenciado por uma tarefa de fadiga realizada para movimentos de flexão e extensão da articulação do joelho, em uma intensidade correspondente a 70 – 85% do torque máximo. O teste de reprodução da posição articular ativo foi utilizado para avaliar o SPA antes e após a tarefa de fadiga. Os participantes foram divididos em 3 grupos: o primeiro grupo realizou a tarefa de fadiga no quadríceps e isquiostibiais separadamente; o segundo realizou a tarefa de fadiga no quadríceps e isquiostibiais simultaneamente; e o terceiro grupo realizou apenas a avaliação do SPA (grupo controle). O principal resultado do estudo indicou que a tarefa de fadiga não provocou alterações significativas no SPA do joelho. Estudos adicionais ainda são necessários para compreender de forma pormenorizada o funcionamento do sistema neuromuscular submetido à fadiga periférica em sujeitos saudáveis.

Endereço: http://www.eefd.ufrj.br/stricto-sensu

Ver Arquivo (PDF)

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.