O Empoderamento de Pessoas com Deficiência: Percepções de Gestores, Professores e Usuários

Por: Graciele Rodrigues Massoli e Janisio Xavier de Souza.

11° Congresso Brasileiro de Atividade Motora Adaptada - CBAMA

Send to Kindle


Resumo

Nas últimas décadas, o termo empoderamento vem ganhando relevância acadêmica e social, passando a fazer parte dos mais diversos campos do conhecimento. O objetivo desse estudo foi investigar projetos e programas de Educação Física e Esporte para pessoas com deficiência que valorizem o empoderamento como estratégia de ensino aprendizagem para seus participantes. Numa perspectiva qualitativa, de caráter descritivo realizamos essa pesquisa com cinco projetos e programas de Atividades Físicas e Esporte para pessoas com deficiência no Brasil que, contemplassem, nas suas propostas pedagógicas, o empoderamento. A seleção desses programas/projetos foi a partir da indicação de especialistas acionados por acessibilidade e por vínculos à Sociedade Brasileira de Atividade Motora Adaptada. Por meio da análise conteúdo das entrevistas semiestruturadas que foram feitas com cinco (5) coordenadores, dez (10) professores e (10) participantes dos programas, foi possível verificar, que as intervenções realizadas por profissionais de diferentes regiões e realidades do Brasil, embora não explicitamente, têm estratégias de busca de autonomia e propostas de inclusão que implicam em percepções de empoderamento veiculadas pela prática da Atividade Motora Adaptada, tanto pessoal quanto coletivo.

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.