O Ensino da Dança na Formação do Licenciado em Educação Física: Significados de Uma Vivencia

Por: Helaine Quaresma dos Santos.

113 páginas. 2016 04/08/2016

Send to Kindle


Resumo

A presente investigação teve como objetivo identificar as contribuições de uma vivencia sobre dança, para construção do sentido em graduandos de Educação Física. Para tanto, nos apropriamos dos procedimentos teóricos e metodológicos da pesquisa qualitativa. Fizeram parte do estudo 20 acadêmicos concluintes do curso de Educação Física do Centro de Ensino Superior do Amapá - CEAP, sendo 9 (nove) do sexo feminino e 11 (onze) do sexo masculino. O estudo foi dividido em três momentos: No primeiro momento foi realizado um grupo focal com o objetivo de perceber o entendimento dos sujeitos participantes do estudo com relação à dança, suas vivências e suas percepções enquanto conteúdo e ferramenta pedagógica. O segundo momento foi composto de oito encontros os quais tiveram como objetivo vivenciar vários aspectos abordados sobre a dança, e no terceiro momento, foi realizado um segundo grupo focal com o objetivo de verificar qual a contribuição das vivências propostas pela pesquisa. Para o desenvolvimento dos três momentos fizemos uso do diário de campo e das técnicas da observação participante. As falas dos sujeitos envolvidos no processo de investigação foi submetida à técnica de análise clássica de conteúdo proposta por Bardin (2011). Após análise das falas dos depoentes, foram estruturadas categorias de análises, interpretadas à luz da literatura científica. Encontramos que, para os alunos, a dança possui um caráter polissêmico, uma vez que, enquanto manifestação humana tem distintas funções tais como: expressar sentimentos, promover libertação, ser arte e lazer. Verbalizaram que suas experiências com a dança aconteceram por obrigações, o que contribuiu para que se tornassem pouco significativas. Além disso, apontaram o preconceito como barreira para vivenciar a dança nos diversos espaços sociais. Após a segunda etapa da pesquisa em que foram vivenciadas diversas estratégias de ensino da dança, os alunos enquanto protagonistas do processo de construção/reconstrução/construção fizeram da dança um veículo socializador de experiências. As estratégias de ensino que foram utilizadas serviram para que os alunos participantes do estudo se sentissem confiantes para desenvolver o conteúdo dança nas aulas de Educação Física. Pode-se concluir que, por intermédio das estratégias utilizadas, os participantes passaram a significar positivamente e ressignificar o ensino da dança. No decorrer do segundo grupo focal os participantes do estudo manifestaram-se a favor das estratégias de ensino utilizadas, e encorajaram-se para ministrar o conteúdo dança na escola, mesmo entendendo as inúmeras dificuldades que poderão encontrar para trabalhar com o conteúdo dança nas aulas de Educação Física. Conclui-se o ensino da dança quando provido de trato pedagógico poderá se constituir em uma ferramenta pedagógica a favor do processo de formação do aluno.

Endereço: http://www.usjt.br/biblioteca/mono_disser/mono_diss/2017/385.php

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.