O Ensino da História dos Esportes na Proposta Curricular e no Caderno do Professor do Estado de São Paulo (SP)

Por: Cássia Maria Hess e .

XV Congresso de História do Esporte, Lazer e Educação Física - CHELEF

Send to Kindle


Resumo

A importância do ensino da História relacionada aos grandes temas da cultura corporal nas aulas de Educação Física escolar (EF), já foi evidenciada em algumas das obras (SOARES et al, 1992) e documentos relevantes da área, e em várias propostas estaduais (PEREIRA, 2017). Esta pesquisa, de caráter descritivo e documental, teve como objetivo identificar e analisar a presença dos conteúdos/temas do ensino da história dos esportes na Proposta Curricular (PCEF) (SÃO PAULO, 2010) e no Caderno do Professor de Educação Física (CPEF) (SÃO PAULO, 2014-2017), do Estado de São Paulo, no Ensino Fundamental II (EF II), na disciplina de EF. Identificamos a presença deste conteúdo/tema, no quadro de conteúdos na PCEF do EF II, no transcorrer de todas as séries (S)/anos (A),  com a seguinte denominação “– Processo histórico”, localizado abaixo do esporte que será ensinado no bimestre. No CPEF, esse mesmo conteúdo/tema foi descrito da mesma forma, nos quadros de conteúdos, temas, competências e habilidades. A história do esporte vem sendo relatada com pouquíssimas citações de fontes no transcorrer dos textos. Contudo há uma parte específica denominada de “Recursos para ampliar a perspectiva do professor e do aluno para a compreensão do tema”, na qual há sugestões de livros, jornais, revistas e sites (principalmente das Confederações) relacionados à história do esporte a ser ensinado. Destaca-se que, tanto no PCEF e no CP, há a menção da possibilidade de um trabalho interdisciplinar, envolvendo a disciplina de História (dentre outras) e a EF, o que poderia ser bem explorado pelos professores para o desenvolvimento deste conteúdo/tema. Concluímos que há uma carência de detalhamento acerca do que deve ser ensinado sobre história do esporte específico, não havendo também menção e/ou sugestões de como este poderia ser ensinado (metodologias, estratégias, didática, entre outros), e a partir de quais correntes ou referenciais teóricos. Implicitamente, a proposta parece estar mais relacionada a uma corrente mais Positivista, que segundo Nikitiuk (2001), pouco colabora com a criticidade dos alunos e reproduz os conhecimentos como verdades absolutas.  Neste cenário, parece haver uma desvalorização da história do esporte, não obstante, também por vezes pormenorizada em cursos de graduação em EF, provocando aos profissionais de EF, professores, pesquisadores e/ou autores de documentos oficiais, uma nova reflexão e uma mudança de proposição para os avanços deste campo de pesquisa.

Referências

SÃO PAULO (Estado). Secretaria de Educação.  Proposta Curricular do Estado de São Paulo: Educação Física. São Paulo: SEE, 2008.

_____. Secretaria de Educação.   Caderno do Professor de Educação Física. São Paulo: SEE, 2014-2017.

SOARES, C. L.; TAFFAREL, C.; VARJAL, E. et al. Metodologia do Ensino da Educação Física. São Paulo: Cortez, 1992.

NIKITIUK, S. M. L. (Org.). Repensando o ensino de história. São Paulo: Cortez, col. Questões de nossa época, 1996.

PEREIRA, M. C. O ensino da história do esporte nas propostas curriculares estaduais.  In: XXIX SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA - contra os preconceitos: história e democracia, Anais eletrônicos, Brasília, p.1-10, 2017.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.