O Ensino dos Saberes Conceituais Críticos do Futebol Entre Jovens Estudantes do Ensino Médio nas Aulas de Educação Física

Por: Bruno Martins Ferreira.

2018

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do presente estudo é analisar como os jovens compreendem os vínculos do esporte na sociedade a partir de uma abordagem crítica do conteúdo futebol na Educação Física escolar, partindo de um processo de intervenção de uma Unidade didática da modalidade. Afirmando o espaço escolar como local destinado ao convívio social, e entendendo a relevância cultural que o conteúdo futebol em sua temática permite e permeia, julga-se oportuno associar uma educação embasada no diálogo, a fim de problematizar e ressignificar tal prática. Superando o viés tecnicista e excludente frequentemente manifestado no ambiente escolar, e com vistas a uma proposta pedagógica que ensine, sobretudo, mais do que as competências técnicas e táticas do jogo, foi lançado um conjunto de dezesseis aulas pensadas a partir de uma metodologia ativa, com destaque ao ensino de conceitos críticos do esporte, vislumbrando possíveis contribuições na formação crítica e política dos envolvidos na investigação. Desse modo, o presente estudo orientou-se pela seguinte questão: como jovens estudantes do Ensino Médio significam suas experiências de aprendizagem relacionadas ao futebol? Para tanto, foi realizada uma pesquisa de cunho qualitativo, adotando como procedimentos metodológicos a pesquisa-ação estratégica, rodas de conversa com os adolescentes e a construção de diário de aula. Os dados identificados foram analisados na perspectiva de categorização, indicando que a metodologia de pesquisa-ação estratégica, bem como as rodas de conversa, permitiu e subsidiou a consolidação da intervenção e as aprendizagens advindas desta, ao articular os conceitos críticos de contextualização sincrônica, diacrônica e contemporânea do conteúdo futebol com elementos presentes na cultura dos jovens investigados. Sobre as aprendizagens identificou-se que as frentes: origem, institucionalização, instrumentalização política, globalização, mercadorização e a questão do gênero no futebol tiveram como principal e comum elemento, enquanto ferramenta educativa, a interação proveniente de práticas significativas, em conjunto com a valorização da historicidade, experiência e saberes dos próprios participantes. Tais aprendizagens, nos mais diferentes contextos, foram representadas pela transposição de conhecimentos dos conteúdos ensinados em aula para a vida dos jovens após suas apreciações críticas e reflexões políticas. Concluindo desse modo que os jovens, em suas aprendizagens, e considerando os processos educativos, sinalizaram para aquilo que lhes parece fazer mais sentido, o que reafirma suas identidades e que é mais coerente com seus projetos de mundo. Aponta-se, assim, para a importância de práticas significativas que dialoguem com seus universos e que os permitam transformar, interpretar e se situar na sociedade. 

Endereço: https://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/10192

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.