O Ensino Inclusivo nas Aulas de Educação Física: Estudo a Partir da Percepção dos Professores

Por: Ciro Goda, Jonas Godtsfriedt, Thais Emanuelli da Silva de Barros, e .

Conexões - v.13 - n.3 - 2015

Send to Kindle


Resumo


O objetivo do estudo foi descrever as percepções de professores a respeito das dificuldades para implementar o ensino inclusivo nas aulas regulares de Educação Física. Realizou-se um estudo de abordagem qualitativa com três professoras de Educação Física escolar. Para a coleta dos dados utilizou-se um roteiro de entrevista estruturada com questões sobre a biografia dos sujeitos, nível de formação profissional, tempo e nível de experiência pessoal no ensino inclusivo. A entrevista semiestruturada permitiu a obtenção de descrições das professoras sobre suas percepções a respeito das dificuldades metodológicas, contextuais e de conteúdos para a implementação do ensino inclusivo. Os dados foram tratados com a técnica de análise de conteúdo com categorias determinadas a priori. Os resultados indicam o predomínio de dificuldades em relação às estruturas físicas e recursos matérias para as aulas; para promover variabilidade e estabelecer uma sequência aos conteúdos, e ainda para a seleção e utilização de estratégias que favoreçam a prática cooperativa entre os alunos.
 

Endereço: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8640869

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.