O Ensino e o Brincar na Prática Pedagógica dos Anos Iniciais: Uma Leitura Através das Teorias de Maria Montessori e Freinet.

Por: Cristine Manica Nunes.

218 páginas. 2011 16/12/2011

Send to Kindle


Resumo

Esta dissertação tem por objetivo discutir sobre a prática pedagógica nos anos iniciais do Ensino Fundamental, buscando compreender as concepções, as finalidades formativas e os conceitos referentes ao jogo e à brincadeira na organização pedagógica, a partir das teorias de Montessori e Freinet, por meio de pesquisa bibliográfica. A escolha por compreender conceitualmente o que é o brincar na escola de anos iniciais do Ensino Fundamental na contemporaneidade, bem como buscar o entendimento de como estabelecer relação entre atividade de ensino e atividade de brincar na prática pedagógica dessa etapa da escolarização nos levou a optar por realizar a pesquisa a partir da história do pensamento pedagógico, mais especificamente em autores da pedagogia. O estudo desses dois autores buscou indicadores das categorias por eles tratadas, associadas ao ensino que integra o brincar. Uma vez levantadas tais categorias, seus sentidos e significados para a educação de acordo com o pensamento de cada autor, foi possível “desnaturalizar” termos presentes no debate, bem como estabelecer contrapontos com a psicologia histórico-cultural, hoje base para a maioria dos trabalhos com o tema (brincar) na Educação. Apresentando a tradicional oposição entre ensino e brincar, em que ensinar é planejado e brincar é espontâneo, estudar é produtivo e brincar é improdutivo, buscamos superar a dicotomia tecendo considerações para os muitos sentidos e significados possíveis na prática pedagógica e aproximar os conceitos de imaginação (em geral associados apenas ao brincar) e de conhecimento (em geral associados apenas ao ensino).

Endereço: http://ppge.ufsc.br/formularios/

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.