O Ensino do Saber Lutar na Universidade : Estudo da Didática Clínica nas Lutas e Esportes de Combate.

Por: Mariana Simões Pimentel Gomes.

205 páginas. 2014 30/05/2014

Send to Kindle


Resumo

A ânsia em compreender como as Lutas e Esportes de Combates (L&EC) são ensinados na universidade nos impulsionou a desenvolver este estudo, que trata dos saberes que permeiam o ensino deste objeto. O entendimento do conceito e lógica do saber lutar, que diz respeito à intenção tática e capacidade de adaptação aos imprevistos dos combates, possibilitou a identificação de outros saberes que fundamentam o ensino das L&EC na universidade. Partimos da premissa de que um saber, para ser ensinado deve sofrer transformações, tornando-se ensinável e a transposição didática, emprestada ao campo da didática clínica, observa e analisa este processo de transmissão dos saberes. Neste sentido, este estudo buscou entender os saberes que os professores de Lutas/Esportes de Combate selecionam para ensinar, bem como o processo de transformação e transmissão desses saberes para os alunos na universidade. A orientação clínica de pesquisa sugere, que para compreendermos toda a singularidade dos sujeitos é necessário conhecermos sua história, suas intenções para posteriormente confrontá-las com a prática, indicando possíveis diferenças entre o que o sujeito declara e o que ele realmente faz. Selecionamos dois professores das disciplinas savate boxe francês/canne de combat (Roger) e esgrima (Jean) do curso de Educação Física da universidade de Toulouse na França e observamos três aulas de cada um deles. Identificamos variáveis didáticas que caracterizaram sua abordagem de ensino (relação de oposição, cooperação, processo de devolução, repetição/demonstração, arbitragem e capacidades físicas) e a partir daí discutimos o discurso e prática dos professores, reconstruindo o caso dos Roger e Jean, analisando suas escolhas didáticas, as possíveis transformações em seus saberes de referência e as presumíveis razões que os levam a agir de uma determinada maneira. Encontramos semelhanças e diferenças no ensino dos dois professores que se relacionaram à natureza das atividades que ensinam, sua história pessoal e experiência de vida, assim como aos saberes que os servem como referência. Em ambos os casos, à seus métodos, os professores exploram o saber lutar em suas aulas, porém, não parecem fornecer aos alunos, nas sessões analisadas, ferramentas para ensiná-lo quando professores no futuro.

Endereço: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=000933891&opt=1

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.