O Esporte de Alto Rendimento Faz Mal à Saúde? Uma Análise das Atletas da Seleção Brasileira de Ginástica Rítmica

Por: e Danielle Freire Wiltshire Viana.

Motrivivência - v.25 - n.41 - 2013

Send to Kindle


Resumo

Considerando as atletas da seleção brasileira de Ginástica Rítmica e seu contexto de treinamento esportivo, identificamos e analisamos as compreensões que essas atletas têm no que se refere à saúde. O tipo de pesquisa foi estudo de caso, com observação participante e entrevistas semi-estruturadas. A partir dos dados coletados, sintetizamos as análises nas categorias: “Habitus esportivo”, “O sonho das Olimpíadas” e “Saúde é só ausência de doença?”. Vemos uma visão restrita de que saúde, ao menos para essas atletas de alto rendimento, baseia-se apenas no controle das dores, portanto, uma visão restrita ao físico, sendo desconsideradas questões psicológicas e sociais.
 


 

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/motrivivencia/article/view/29941

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.