O Esporte Como Conteúdo da Educação Física Escolar: um estudo de caso de uma prática pedagógica

Por: Paulo Carlan.

354 páginas. 2012 16/03/2012

Send to Kindle


Resumo

Esta tese inscreve-se no âmbito das pesquisas que se interessam pela prática pedagógica dos professores de Educação Física, considerando a sua história de vida, a sua formação, o seu trabalho docente e os saberes que se mobilizam para viabilizar sua intervenção pedagógica. Trata-se de uma investigação do tipo Estudo de Caso, e discorre sobre a prática pedagógica de um professor de Educação Física com o propósito de compreender o trato do conteúdo esporte na Educação Básica do Ensino Fundamental de 5ª a 8ª série no município de Ijuí/RS. A pertinência da pesquisa está em compreender a centralidade da prática pedagógica do professor de Educação Física no âmbito do ensino do conteúdo esporte a partir da imersão na sua prática pedagógica, que se constitui antes de tudo numa prática social, com seus limites, desafios e possibilidades. A pesquisa buscou compreender, por meio de análise documental, de entrevista semiestruturada e da observação de campo, uma prática pedagógica numa perspectiva que objetiva superar as propostas assentadas no paradigma da racionalidade instrumental-tradicional esportiva. A escolha do sujeito da pesquisa recaiu no critério de que o mesmo teve a disposição de tomar a proposta como referência para sua prática pedagógica no ensino do conteúdo esporte na Educação Física escolar. Nessa perspectiva, procura-se compreender o esporte na constituição do sujeito a partir do protagonismo docente. Os elementos conclusivos desta pesquisa são de que a carreira profissional e a prática pedagógica do professor colaborador estão pautadas na pluralidade de fontes de saberes, na presença de pessoas, no papel de instituições que influenciaram significativamente na #moldagem# das definições de si e das suas perspectivas sobre a vida e sobre o trabalho docente; no tratamento do conteúdo esporte o professor não desconsidera o esporte na Educação Física escolar, mas o recoloca numa outra perspectiva, ou seja, o tratamento do conteúdo esporte não passa apenas pelo viés do paradigma instrumental, mas sim pelo tratamento cultural; a prática pedagógica do professor consegue articular o fenômeno esporte entre o universo epistemológico e o universo pedagógico, ou seja, o saber universal é transformado em saber escolar; o componente curricular Educação Física na escola investigada conquistou sua legitimidade pedagógica; a prática pedagógica do professor provoca uma ruptura epistemológica, em que seu planejamento tem como #norte# a realidade produzida pelo homem e que essa realidade é sempre históricocultural. O Estudo de Caso permitiu constatar que o professor colaborador tem uma prática pedagógica que supera um dos fenômenos mais comuns no panorama nacional na atualidade nas aulas de Educação Física escolar, que é o desinvestimento pedagógico, que se caracteriza como uma prática que não intervém de forma objetiva-intencional.

Endereço: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/100461

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.