O Esporte no Estado Novo: Vigilância, Formação e Controle Em Época de Guerra

Por: Rafael Luís Macedo.

I Congreso Latinoamericano de Estudios Socioculturales Del Deporte - ALESDE

Send to Kindle


Resumo

A política populista e nacionalista do Estado Novo buscava consolidar o Brasil como uma Nação forte e centralizada, através da construção de uma identidade nacional. Para isso criou leis e órgãos de fiscalização e repressão com o objetivo de impedir que imigrantes mantivessem os costumes dos seus países dentro dos seus clubes sociais, principalmente após a entrada do Brasil na Segunda guerra. Procuramos assim, mostrar como o governo de Getúlio Vargas interferiu diretamente nestes costumes sociais e esportivos usando da criação de leis de nacionalização e órgãos de fiscalização e repressão para consolidar uma identidade nacional brasileira.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.