O Estádio Joaquim Américo: a Arena da Baixada e a Identidade Clubística do Torcedor do Clube Atlético Paranaense

Por: .

Campos - Revista de Antropologia Social - v.15 - n.1 - 2004

Send to Kindle


Resumo

Utilizando instrumentais metodológicos da história e da antropologia, através da teoria Micro-histórica associada a uma pesquisa de campo, este artigo visa, através de uma abordagem etnográfica, demonstrar como o torcedor do Clube Atlético Paranaense, criou um forte vínculo de identidade com seu estádio, sobrepujando até a identificação clubística com elementos mais comuns como: as cores do clube, símbolos, mascotes, ou os próprios jogadores.

Endereço: http://revistas.ufpr.br/campos/article/view/1639

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.