O Exercício Terapêutico no Tratamento da Lombalgia Crônica: Uma Revisão da Literatura

Por: Cristina Neves e Demóstenes Moreira.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.18 - n.4 - 2010

Send to Kindle


Resumo

A lombalgia crônica possui alta prevalência, gerando custos sociais relevantes. O exercício terapêutico é um tipo de tratamento conservador amplamente utilizado com várias formas de aplicação. Sendo assim, o objetivo desse estudo foi rever na literatura as abordagens dos exercícios terapêuticos em populações com lombalgia crônica. O estudo configurou-se em revisão da literatura entre 2005 e 2010 nas bases de dados MEDLINE, LILACS, SciELO, Cochrane e diretório CAPES. As palavras chaves foram: terapia por exercícios, técnicas de exercício e de movimento, dor lombar. Foram encontrados 24 estudos divididos em três categorias. Exercícios terapêuticos gerais que incluem treinos de flexibilidade, aeróbio, ou de fortalecimento; esse demonstra ser mais efetivo do que os aeróbios, mas não superiores ao tratamento multidisciplinar. Exercícios de estabilização segmentar da coluna que priorizam a ativação do transverso abdominal, multífidos e oblíquos internos; são mais efetivos do que técnicas de mínima intervenção para a redução da dor a curto, médio e longo prazo e melhora da capacidade funcional em longo prazo; do que terapia manual para melhora da dor, capacidade funcional e qualidade de vida em médio prazo; do que outras formas de exercícios na redução da incapacidade em curto prazo. Outras modalidades de exercícios terapêuticos, a saber: Pilates, Yoga, técnica de Alexander, Bola Suíça, Isostretching, Reeducação Postural Global, Mckenzie e Facilitação Neuromuscular Proprioceptiva; cada uma descrita com resultados positivos por ao menos um estudo. A aplicação dos exercícios terapêuticos tem sido descrita na literatura mediante grande variedade de técnicas. A revisão demonstrou que ainda existem conflitos nos resultados, impedindo a conclusão sobre a superioridade de um programa sobre outro. Entretanto, a lombalgia em geral apresenta etiologia multifatorial e isso exige o alargamento do conhecimento das várias modalidades do exercício terapêutico para que na prática clínica haja mais possibilidades de sucesso.

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/1736

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.