O Fenômeno da Idade Relativa em Atletas de Tênis Infantojuvenil e Profissional: Nível de Associação com o Ranking da Federação Sul-americana e Mundial

Por: Birgit Keller, Erick Grunevald, Evaldo José Ferreira Ribeiro Junior, , Marcelo da Silva Villas Bôas e Ricardo Weigert Coelho.

Revista da Educação Física - UEM - v.24 - n.3 - 2013

Send to Kindle


Resumo

A idade relativa refere-se à diferença cronológica de indivíduos nascidos no mesmo ano (BARNSLEY et. al. 1985). Pode influenciar o desenvolvimento, o aprendizado, os resultados e a permanência no esporte. Essa influência é conhecida como relative age effect (RAE) (GRONDIN el. al. 1984). O estudo objetivou verificar associação entre idade relativa e classificação no ranking infantojuvenil e profissional do tênis de campo. Foram analisados 924 atletas, de ambos os sexos. Para análise estatística, foi utilizada uma regressão linear simples e ANOVA multivariada com post hoc de Bomferroni a um nível de p<0,05 (SPSS 18.0). Houve associação apenas nas categorias masculinas: 14 anos de 22% (β=-0.478, p=0.003) e 18 anos de 72% (β=-0.269, p=0.00). Isso indica que, nos momentos críticos de maturação biológica, a idade relativa influenciou no desempenho do tenista. Em todas as categorias, foi observado maior número de tenistas mais velhos, indicando a existência de RAE no tênis. 

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/17046/12677

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.