Send to Kindle


Resumo

O processo que resultou na profissionalização do futebol no Brasil foi permeado por questões de classe social, interesses financeiros, afirmação de identidades, racismos e preconceitos de toda a ordem, como nos informam Proni, 1996; Jesus, 1998; Soares, 1996 e Soares, 1998. Este trabalho tem a intenção de contribuir para ampliar o conhecimento sobre este processo na medida em que acreditamos que as mudanças são resultantes do confronto entre as forças em ação. Utilizaremos como fonte uma série de cinco artigos publicados semanalmente no Jornal do Brasil (JB), no período compreendido entre 20 de setembro e 24 de outubro de 1944, escritos pelo jornalista Otto Prazeres.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.