O Futebol Como Escravo da Mídia

Por: Fernando de Morais Franco Nunes.

XXIV Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação - Intercom

Send to Kindle


Resumo

O futebol no Brasil nasceu e se desenvolveu entre a elite burguesa, até que não pôde mais fechar seu espaço para os talentos que surgiam das camadas sociais mais baixas. Essa aparente democratização popularizou o esporte e atraiu, com o desenvolvimento das tecnologias no século XX, o interesse dos meios de comunicação, que passaram a explorá-lo visando o lucro, inseridos no sistema capitalista vigente. A prática futebolística profissional e o modo como seus torcedores a acompanham foram influenciados pela intervenção da mídia, que cada vez mais se torna um forte elemento na tomada das decisões referentes às competições de futebol, trazendo com ela os milhões de dólares investidos em propaganda pelas grandes multinacionais. O resultado desse processo é a total dependência do futebol em relação aos patrocínios e aos direitos de transmissão pagos pela televisão.

Endereço: http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2001/arquivos/intercom.htm

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.