O Hóquei Sobre Grama Dentro do Brasil: Perspectivas Para a Educação

Por: João Paulo Barros Silva.

Lecturas: Educación Física y Deportes - v.19 - n.197 - 2014

Send to Kindle


Resumo

O Hóquei Sobre Grama, culturalmente no Brasil, é significado como um esporte de rendimento. Entretanto, nesse artigo problematizo seus princípios educativos. Para isso realizei uma pesquisa qualitativa de cunho etnográfico cujos resultados ajudam a compreender estratégias pedagógicas que o ressignificam como prática educativa. O estudo foi realizado no contexto de um projeto social de extensão universitária da Universidade do Vale do Rio dos Sinos, denominado Projeto Esporte Integral – PEI. Esse projeto utiliza o esporte como um meio de promover a educação de crianças e adolescentes em estado de vulnerabilidade social e, uma das modalidades praticadas é o Hóquei. Os principais resultados dessa pesquisa podem ser resumidos em duas dimensões que se estruturam enquanto estratégias pedagógicas possíveis para se trabalhar o Hóquei em uma perspectiva educativa, são elas: o diálogo regido pelas rodas de formação e a mediação de conflitos. Essas estratégias evidenciam a viabilização de um espaço favorecedor para o desenvolvimento do protagonismo dos participantes e da gestão participativa. A partir dessas estratégias pedagógicas, aliadas às características peculiares da prática do Hóquei, pode-se formar um espaço esportivo que tem o princípio educativo como cerne do processo.

Referências

ALBUQUERQUE, Fernanda Medeiros de; GALIAZZI, Maria do Carmo; A formação do professor em Rodas de Formação. Revista Brasileira de Pedagógica nº 231, 2011.

CUNHA, Maria Isabel. Pedagogia Universitária: Energias emancipatórias em tempos neoliberais. São Paulo: Junqueira & Marin, 2006.

GHIRALDELLI Jr., P. Educação Física Progressista: A pedagogia crítico-social dos conteúdos e a Educação Física Brasileira. São Paulo: Edições Loyola, 1991.

GÓMEZ, Gregório Rodríguez. Metodología de la investigación cualitativa. Málaga, Aljibe, 1999. In: PIMENTA, Selma Garrido, GHEDIN, Evandro, FRANCO, Maria Amélia Santoro. Pesquisa em educação: Alternativas investigativas com objetos complexos. São Paulo: Edições Loyola, 2006.

O HÓQUEI. Em: http://www.hoqueisobregrama.com.br/hoquei.php. Acesso em: 20 de Junho de 2014)

PLANO Anual de Ações do PEI. 2013; volume 1: 1-21.

RIOS, Terezinha Azeredo. Competência ou competências – o novo e o original na formação de professores. In: ROSA, Dalva E. Gonçalves; SOUZA, Vanilton Camilo. Didática e práticas de ensino: interfaces com deferentes saberes e lugares formativos. Rio de Janeiro: DP&A, 2006.

SILVA, Gisele Silva. Comunicação em projeto social: um estudo do comunicacional no programa esporte integral da UNISINOS [trabalho de conclusão de curso]. São Leopoldo: Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Curso de comunicação social – habilitação: jornalismo, Área das ciências da comunicação; 2010.

ZITKOSKI, Jaime José. Diálogo/dialogicidade. In: STRECK, Danilo Romeu; REDIN, Euclides; ZITKOSKI, Jaime José. Dicionário Paulo Freire. Belo Horizonte: Autêntica, 2010.

Endereço: https://www.efdeportes.com/efd197/o-hoquei-sobre-grama-dentro-do-brasil.htm

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.