O Impacto das Aulas de Educação Física no Nível de Atividade Física, Estado de Humor e Qualidade de Vida de Adolescentes Escolares

Por: Deyliane Aparecida de Almeida Pereira, Franciany de Jesus Silva e Guilherme de Azambuja Pussieldi.

Caderno de Educação Física e Esporte - v.16 - n.2 - 2018

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do estudo foi verificar o efeito de 20 semanas de Educação Física Escolar no nível de atividade física, estado de humor e na qualidade de vida em adolescentes. Participaram do estudo 40 estudantes, com idade média de 16,5±0,6 anos. Aplicou-se os questionários: IPAQ, POMS e o WHOQOL-Bref. Não foram encontradas diferenças no nível de atividade física, no entanto, houve diferenças para o estado de humor das meninas de forma negativa e para ambos os sexos na qualidade de vida, também negativa, ao final do semestre. Observou-se influências negativas nas variáveis da qualidade de vida em ambos os sexos. Conclui-se que as aulas de Educação Física não foram capazes de proporcionar melhoria nos níveis de atividade física e na manutenção do estado de humor nos estudantes do sexo feminino.

Endereço: http://e-revista.unioeste.br/index.php/cadernoedfisica/article/view/18724

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.