O Judo; do Modelo Artesanal Ao Modelo Cientifico: Um Estudo Sobre as Lutas, Formação Profissional e a Construção do Hbitus

Por: .

2007 18/12/2007

Send to Kindle


Resumo

Esta Tese procurou analisar a partir de diversas óticas o desporto judô, tendo como referência as Ciências do Desporto e conhecimentos oriundos da Educação Física brasileira, enfocando a relação entre a formação artesanal e profissional. Utilizaram-se como referenciais de análise as Corporações de Oficio e a teoria de campo de Bourdieu. O estudo, portanto, objetivou: a) investigar ,a constituição das artes marciais no Brasil, em particular o judô, considerando a formação e a capacitação do técnico desportivo para a modalidade b) desvelar o desempenho histórico brasileiro em Campeonatos Mundiais e Jogos Olímpicos de judô e; c) analisar as lutas dos judocas brasileiros nos Jogos Olímpicos de Atenas 2004 considerando as inter-relações entre o desempenho, o discurso da mídia televisiva (capital especifico) e o Habitus do judô. Utilizou-se uma metodologia de triangulação de métodos, onde foi possível comparar fontes documentais sobre formação dentro do desporto em relação ao desempenho apresentado pelos judocas brasileiros na Olimpíada de 2004. Como resultados, na análise documental, foram encontradas estruturas semelhantes às formações existentes nas Escolas de Oficio em detrimento da formação Acadêmica, além de um Habitus (Bourdieu) detectável que se confIrma, tanto pelas expressões dos atletas nas lutas verificadas pelo modelo próprio do estudo para a análise, quanto no discurso produzido pelas Mídias e analisados no trabalho. Concluiu-se então que o judô distancia-se dos modelos de formação profissional formal e que a falta de modelos de treinamentos com base nas Ciências do Desporto interfere tanto no desempenho dos atletas como na interpretação das lutas pelas Mídias (intencionalmente ou não) 

Endereço: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=vtls000428267&opt=1

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.