O Karatê-do Como Instrumento de Formação do Caráter e Personalidade dos Praticantes Através de Suas Técnicas Corporais

Por: Lucas Maciel Cavalcante e Petrônio Lauro Teixeira Potiguar Junior.

Motrivivência - v.31 - n.60 - 2019

Send to Kindle


Resumo

Esta pesquisa objetiva investigar, com instrutores de Karatê-do, a compreensão sobre relação entre técnicas corporais desenvolvidas nesta arte marcial e a formação do caráter do praticante, relação que segundo os autores da área é direta e incontornável. Como instrumento de coleta de dados, utilizou-se entrevistas com todos os instrutores atuantes desta arte marcial na cidade de Santarém-PA. Como resultado, vemos por exemplo 38% dos professores demonstraram trabalhar a formação do caráter e personalidade de forma direta e objetiva, sem considerar que as próprias técnicas são instrumentos de formação deste caráter, outros 54% puderam fazer tal raciocínio, enquanto 8% dos entrevistados demonstraram faze-lo assim, somente com as crianças, chegando-se a conclusão de que os instrutores metodologicamente ainda não demonstram coesão de trabalho, bem como, alguns deles, ainda carecem de maior alinhamento com os autores da área.

Referências

ALBUQUERQUE, Leila Marrach Basto de. As Invenções do Corpo: Modernidade e Contramodernidade. MOTRIZ – Revista de Educação Física – UNESP, v. 7, n.1, p.33-52, 2001.

ÁVILA, Paulo. Karatê-do na Amazônia. Santarém: Instituto Cultural Boanerges Sena (ICBS), 2005.

BARBOSA, Alyne Patrícia da Silva; DUTRA, Andréa Katiane Bruch; BRASIL, Eliana Amoedo de Sousa. Normas Técnicas Para Trabalhos Acadêmicos. 4ª ed. Canoas: Editora da ULBRA, 2013.

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. Edições 70: Lisboa, 1995.

COMIN, Fabio Scorsolini; AMORIM, Katia de Souza. Corporeidade: uma revisão crítica da literatura científica. Psicologia em Revista. Belo Horizonte v.14 n.1 jun. 2008.

DUARTE, Rosália. Entrevista em pesquisas qualitativas. Educar, Editora UFPR, Curitiba, n. 24, p. 213-225, 2004.

FILLIOZAT, Jean. O intercâmbio entre a Índia e o Império Romano durante os primeiros séculos da éra cristã. Revista de história. São Paulo, v. 23, n. 47, p.1-31, 2016.

FUNAKOSHI, Gishin. Karatê-Do Kyohan: o texto do mestre; Tradução Wagner Bull. 1 ed. São Paulo: Cultrix, 2014.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. - São Paulo: Atlas, 2002.

GAIO, Roberta. Ginástica rítmica desportiva “popular”: uma proposta educacional. São Paulo: Robe, 1996.

GONÇALVES, Andreia Santos; AZEVEDO Aldo Antonio de. A Re-significação do Corpo Pela Educação Física Escolar, Face ao Estereótipo Construído na Contemporaneidade. Pensar a Prática, v.10, n. 2, p.201-219, jul./dez 2007.

JOÃO, Renato Bastos; BRITO, Marcelo de. Pensando a corporeidade na prática pedagógica em educação física à luz do pensamento complexo. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte. São Paulo, v.18, n.3, p.263-72, jul./set. 2004

 

KANAZAWA, Hirokazu. Faixa Preta: Karatê. São Paulo: Escala, 2010.

______. S.K.I. Kumite Kyohan. Tokyo: Ikeda Shoten Co, 1987.

LE BRETON, David. Sociologia do Corpo/ Tradução de Sonia M.S. Fuhrmann. 4ª ed. Petrópolis, RJ: Editora Vozes, 2010.

______. Antropologia do Corpo e Modernidade/ Tradução de Fábio dos Santos Creder. Petrópolis, RJ: Editora Vozes, 2011.

MAUSS, Marcel. Sociologia e Antropologia. Tradução: Paulo Nevez. São Paulo: Cosac Naify, 2003.

MINAYO, Maria Cecília de Souza (org.). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 29. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2010. (Coleção temas sociais)

NAKAYAMA, Masatoshi. O Melhor do Karatê: Visão abrangente-Práticas. São Paulo: Cultrix, 1996.

RIELLY, Robin L. Os segredos do Karatê Shotokan. São Paulo: Madras, 2011.

SAVIANI, Demerval. Educação: do Senso Comum a Consciencia Filosófica. Campinas: Editora Autores Associados, 1993.

SHINZATO, Yoshihide. Shishukan Shorin Ryu Karate-do. Disponivel em: http://shinshukan.com.br/shorin. Acesso em: 22 de junho de 2015.

SOUSA, Smayk B. O ensino das lutas na escola. Belém: Gráfica Paraense Editora LTDA. 2009.

 

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/motrivivencia/article/view/2175-8042.2019e59802

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.