O Lugar do Lazer nas Políticas Públicas: Um Olhar Sobre Alguns Cenários

Por: Amélia Pinto Costa da Silva, Daniella Tschöke Santana, , Luize Moro, e Talita Stresser de Assis.

Licere - v.18 - n.1 - 2015

Send to Kindle


Resumo

Esse artigo teve o objetivo de revisar na literatura científica vigente como o lazer é compreendido nas políticas públicas. Realizou-se uma revisão integrativa, a partir das bases de dados eletrônicos. Foram pesquisados artigos dos anos de 2003 a 2012. Os 17 artigos que atenderam os critérios de inclusão estabelecidos foram divididos em duas categorias: Perspectiva crítica e Perspectiva funcionalista. Percebeu-se que o fenômeno do lazer, na maioria dos projetos de esporte e lazer, é compreendido numa perspectiva funcionalista. De fato, políticas públicas de lazer atuais não têm esse fenômeno como principal objetivo, deixando-o como segundo plano, visto que outros direitos são tratados como prioridade.

Endereço: https://seer.ufmg.br/index.php/licere/article/view/892

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.