O Lugar da Educação Física no Ensino Médio Noturno: Aspectos Sócio-culturais da Linguagem do Corpo Aprendida na Escola.

Por: .

2008 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo


Este estudo elegeu como objeto de investigação os conteúdos curriculares, diariamente ensinados e/ou apreendidos, nas aulas de Educação Física, em direção à interpretação da “gramática corporal” que ali se constituí, e que é aprendida pelo e no corpo do aluno, do Ensino Médio Noturno, em São José dos Quatro Marcos/MT, basilado na cultura escolar em que se entremete esse componente curricular. Incluiu-se o exame da pedagogia sob a qual se apresentam os saberes corporais, da lente teórica do professor, e da organização metodológica da aula. Esses aspectos foram investigados por serem postulados pelo currículo e vincularem-se aos objetivos expressos no projeto político escolar e aos contextos de vida dos alunos. Exigiu-se do ponto de vista teórico-metodológico, o trato de temáticas como corpo, cultura, linguagem, ludicidade, educação, identidade, juventude, escola, currículo e formação de professores interrelacionando-se à Educação Física Escolar. A pesquisa teve abordagem qualitativa interpretativa, nos moldes de um estudo de caso e do tipo etnográfico, em função da natureza descritiva empreendida no esforço de capturar a perspectiva dos sujeitos — professores e alunos —, no locus de pesquisa: as aulas de Educação Física, no Ensino Médio Noturno, da Escola Estadual Deputado “Bertoldo Freire”. Para a coleta de dados, utilizaram-se como instrumentos metodológicos: observações in loco participantes das aulas de Educação Física; entrevistas semi-estruturadas; e análises documentais das intenções político-pedagógicas dessa escola, em específico, aquelas que tratam da Educação Física, enquanto componente curricular do projeto educativo de formação escolarizada do aluno, que se materializa no cotidiano escolar pelas ações e intervenções didático-pedagógicas que ali ocorrem. Centraram-se as análises da pesquisa na interpretação dos significados simbólicos expressos e assumidos pelos conteúdos das aulas, assegurados como objeto de ensino pelo professor. O estudo assegurou o olhar sobre as práticas corporais que mobilizadas, vivenciadas e manifestas no espaço quadra-aula, expressaram os saberes aprendidos e ensinados no cotidiano das aulas de Educação Física, a extração da tendência lúdica da linguagem corporal aprendida pelo corpo/aluno, a referência curricular e didática que tem direcionado à atuação pedagógica do professor e a formação do aluno, nessa disciplina, e o pensar das perspectivas curriculares manifestas pelas práticas pedagógicas docentes e os programas de formação de professores, em específico, na área da Educação Física Escolar.
 

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.