O Medo na Ginástica Artística Feminina: Estudo com Atletas da Categoria Pré-infantil

Por: Luiz Henrique Duarte.

2008 20/05/2008

Send to Kindle


Resumo

O ambiente esportivo apresenta diversas situações em que o medo se manifesta de acordo com estímulos específicos, podendo variar muito entre cada indivíduo. A Ginástica Artística (GA) é uma modalidade esportiva na qual há certo risco iminente constante. A manifestação do medo pode gerar como conseqüência a diminuição da auto-estima, o desconforto ou a vergonha diante dos colegas, o comprometimento da integridade física, a dificuldade no aprendizado de novos exercícios e até o abandono, nos casos extremos. Assim, as respostas a essas situações devem receber a devida atenção desde o início da prática na modalidade, para que os atletas consigam conviver e até superar a manifestação dessa emoção tão complexa. A partir de entrevistas com ginastas femininas da categoria pré-infantil, a presente pesquisa investigou a manifestação do comportamento do medo na GA. Foram identificadas as principais situações causadoras do medo nestas ginastas, dentre elas o medo da lesão, de errar, do desconhecido e do técnico. Além do mais, foram observadas quais as estratégias ingênuas utilizadas por estas ginastas, na tentativa de controle do medo, Por fim, foram constatadas as percepções das ginastas sobre as atitudes de seus técnicos, pais e colegas ao se depararem com a manifestação de seus medos. Assim, a finalidade da presente pesquisa vem a ser acrescentar informações deste contexto específico, em consideração à manifestação do medo e suas implicações para ginastas, técnicos e pais

Endereço: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/39/39133/tde-11082008-094956/pt-br.php

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.