O Monitoramento das Cargas de Treinamento e Recuperação em Jovens Atletas

Por: Fernanda Martins Brandão.

95 páginas. 2019 29/01/2019

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste trabalho foi investigar e caracterizar o estado de recuperação e as cargas internas e externas de treinamento das modalidades esportivas futebol, basquetebol, handebol e voleibol. Além disso, também foi objetivo deste trabalho, comparar e correlacionar os métodos de carga interna derivados de dados fisiológicos (Frequência cardíaca) e perceptivos (percepção subjetiva do esforço da sessão). Participaram deste estudo 61 jovens atletas, de ambos os sexos, integrantes de equipes de esportes coletivos. O estado de recuperação foi registrado antes de cada sessão de treinamento. A carga interna de treinamento foi registrada através dos métodos de percepção subjetiva do esforço da sessão e TRIMP de Edwards. Além disso, foram monitoradas variáveis de carga externa de treinamento através do equipamento polar team pro, como distância percorrida, distância percorrida em cada zona de velocidade (0-7,2km/h; 7,3-14,3 km/h; 14,4-21,5 km/h; 21,6 km/h e 25,2 e ≥ 25,3 km/h) e número de sprints. Os dados foram monitorados durante 10 sessões de treinamento para cada modalidade, totalizando 380 sessões de treinamento individuais ((Futebol- 100 sessões; Basquetebol-97 sessões; Handebol-94 sessões; Voleibol- 89 sessões). Os resultados indicaram correlação moderadas entre os métodos de carga interna, PSE da sessão e TRIMP de Edwards, para todas as modalidades. Conclui-se que a PSE da sessão é uma interessante alternativa para o controle da Carga Interna de Treinamento em jovens atletas de diferentes esportes coletivos.

Endereço: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/9568

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.