O Nascimento do Discurso Patologizante da Obesidade

Por: Cezar Barbosa Santolin e Luiz Carlos Rigo.

XVIII Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e V Conice - CONBRACE

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do presente artigo foi explorar a emergência do conceito de obesidade nos discursos médicos do final do século XVII ao final do XVIII, período em que a medicina investe numa apropriação discursiva que problematiza patologicamente a fealdade, a gula e a intemperança dos corpulentos. A pesquisa teve como referencial teórico-metodológico a análise de discurso arqueo-genealógica de Michel Foucault e se concentrou nas inflexões estéticas, éticas-morais, religiosas e biológicas da patologização do excesso de gordura corporal. Como conclusão, assinalamos que, desde a enunciação como doença da feiura até o investimento na medicalização do discurso, a patologização da condição se configura como um acontecimento sócio-cultural relativamente recente no Ocidente.

Endereço: http://cbce.tempsite.ws/congressos/index.php/conbrace2013/5conice/paper/view/5032

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.