O Olimpismo Como Estratégia Para a Produção e Conservação da Hegemonia

Por: Fabiano Antonio dos Santos, Guilherme Afonso Marins e Hellen Jaqueline Marques.

XVIII Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e V Conice - CONBRACE

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste trabalho é investigar os princípios norteadores do Olimpismo, amplamente divulgados por meio dos Comitês Olímpicos Nacionais, e suas relações com a formação do homem de novo tipo, defendida pela UNESCO através da concepção do “saber ser”. Para tanto, partimos da análise de dois documentos considerados centrais na difusão deste ideário: a Carta Olímpica e o Relatório da UNESCO, denominado “Educação: um tesouro a descobrir”. Conclui-se que o Olimpismo é muito mais que uma proposta “despretensiosa” de defesa da paz ou da possibilidade de convivência solidária e harmoniosa entre as pessoas; é, antes, uma estratégia que difunde e desperta o imaginário de construção de um homem conformado aos ditames sociais hegemônicos.

Endereço: http://cbce.tempsite.ws/congressos/index.php/conbrace2013/5conice/paper/view/4982

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.