O Papel Social do árbitro de Futebol: Uma Análise Sociológica a Partir do Filme Boleiros, Era Uma Vez o Futebol

Por: , João Batista Lopes da Silva, e Roberval de Jesus Barbosa.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.26 - n.2 - 2018

Send to Kindle


Resumo

Neste artigo destacamos uma dimensão da complexa Teoria dos Papéis analisada pelo sociólogo Peter Berger, um dos expoentes da corrente sociológica denominada “Interacionismo Simbólico” e discutimos um de seus fundamentos: a exigência e necessidade de coerência do papel social. Para tanto, utilizamos enquanto instrumento de análise um episódio em homenagem ao Clube Atlético Juventus contido no filme “Boleiros - era uma vez o futebol...”, com roteiro e direção de Ugo Giorgetti. Centramos a discussão sobre o papel e as expectativas de coerência social em torno de um personagem que representa um árbitro da Federação Paulista de Futebol - “Virgílio Paiva”. Trata-se de uma pesquisa de natureza qualitativa que privilegia os aspectos pedagógico-culturais-sociológicos presentes na obra de Peter Berger relacionando um trabalho cinematográfico, fazendo uso de cenas e falas dos personagens fictícios do filme em questão.

Endereço: https://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/7930

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.