O Paradoxo da Profissionalização do Futsal Feminino no Brasil: Entre o Esporte e Outra Carreira

Por: Ana Claudia Ferreira de Souza e .

Pensar a Prática - v.21 - n.1 - 2018

Send to Kindle


Resumo

Este artigo descreveu o perfil das atletas e o contexto do futsal feminino e analisou a relação entre o perfil socioeconômico, a formação esportiva e a carreira esportiva destas jogadoras no estado de São Paulo. Para tanto, aplicamos um questionário misto para 87 atletas, abarcando todas as que disputaram o campeonato paulista, de 2015. Nossos resultados apontam que a carreira no futsal de mulheres é pouco estruturada, o que ajuda a compreender o motivo pelo qual o perfil das atletas é direcionado àquelas de famílias de baixo capital cultural e poder aquisitivo. Para as mulheres, a carreira no futsal constitui um paradoxo, pois não é um projeto de vida em si, mas a fonte de acesso a outro, que pode se consolidar como uma possibilidade de mudança social para elas.

Endereço: https://revistas.ufg.br/fef/article/view/45075

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.