O Pibid e as Aprendizagens na Formação Inicial de Professores de Educação Física : Uma Etnografia com Estudantes da Facos/rs.

Por: .

210 páginas. 2015 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

Esta dissertação de mestrado tratou de compreender as aprendizagens construídas no PIBID pelos estudantes do Curso de Educação Física da Faculdade Cenecista de Osório. Desse modo, o problema de pesquisa respondeu à seguinte pergunta: Como e quais são as aprendizagens construídas pelos estudantes do Curso de Educação Física da FACOS no PIBID nas escolas de Osório? Assim, o presente estudo, de natureza qualitativa, se propôs a descrever o processo de ensino-aprendizagem dos estudantes, assim como os elementos que configuraram as aprendizagens construídas no PIBID e como os bolsistas compreendem que o Programa contribuiu para a atuação dos discentes na Educação Básica em três escolas da Rede Pública Municipal de Osório. Em cada escola pesquisada, estavam inseridos 2 bolsistas do Programa atuando com a Educação Física Escolar em dias diferentes da semana. Portanto, foram 6 participantes da pesquisa e 7 participantes privilegiados. A pesquisa de campo teve início em 26 de maio de 2014 e conclusão em dezembro de 2014. Para tal investigação, foi realizada uma etnografia. A coleta de informações ocorreu através da observação participante, diário de campo, diálogos e entrevistas e posteriormente a análise de documentos. A validez interpretativa etnográfica foi estabelecida através de triangulação das informações, com base na fundamentação teórica articulada a partir das interpretações e análises dos documentos. Desse modo, tive a oportunidade de aprofundar a compreensão sobre os significados que foram atribuídos durante o processo formativo no âmbito do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência. Tratei de apresentar o produto da pesquisa a partir da construção de duas categorias de análise, onde, na primeira descrevi os “Percursos e Representações de Escolas e EFI” e na segunda categoria “PIBID: Concepções e Práticas de Educação Física”. A investigação realizada permitiu compreender as aprendizagens construídas pelos bolsistas do PIBID/EFI/FACOS nas escolas de Osório a partir da formação inicial na FACOS e no PIBID. Portanto, engajado na perspectiva crítica e reflexiva para compreender e ser no mundo, questionei os significados das aulas de EFI na Educação Básica, no Ensino Superior e no Subprojeto de EFI da FACOS. Assim, pude interpretar que há uma relação diferente dos participantes do estudo com o que embasa as teorias que sustentam a pesquisa. Tal interpretação deve ser compreendida como desafio de problematizar e transformar a Educação e o ensino no Brasil, promovendo uma EFI reflexiva, crítica, que tenha sentido naquilo a que se propõe, sustentada em princípios epistemológicos da própria EFI em prol da sociedade.

Endereço: http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/128028

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.