O Posicionamento Existencial Frente à Dor: Uma Aproximação Fenomenológica às Experiências de Atletas Lesionados em Tratamento

Por: Giovanna Ottoni.

Revista Brasileira de Psicologia do Esporte - v.2 - n.1 - 2008

Send to Kindle


Resumo

Esta investigação abordou facetas dos desdobramentos psíquicos relativos à dor enquanto fator desencadeante do impedimento/afastamento temporário da prática esportiva, durante o período de tratamento fisioterápico em atletas de alto-rendimento. Sete entrevistas foram realizadas em dois diferentes grupos e, através de uma perspectiva fenomenológica, enfocou-se aquilo que tange ao modo como os próprios atletas percebem sua condição. Nos resultados, categorias representaram pontos comuns que emergiram a partir dos relatos. A adoção de um discurso genérico em terceira pessoa, comum a um dos grupos, revelando certo impedimento em considerar e problematizar a contingência da dor e sua ameaça à meta definida própria ao contexto esportivo de alto-rendimento, concomitantemente à presença de auto-discursos de força, generalização e normatização da experiência vivida, são elementos vistos como potencial foco de atuação profissional em psicologia do esporte levando ao questionamento sobre a relação entre objetividade e posicionamento subjetivo neste processo interventivo.

Endereço: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_pdf&pid=S1981-91452008000200005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.