O Potencial dos Jogos Tradicionais Como Ferramenta de Ensino-aprendizagem na Escola

Por: Mário Duarte M. Rodrigues.

III Congresso de Ciência do Desporto

Send to Kindle


Dado ao excesso de atividades desportivas desenvolvidas na escola, as quais visam o processo da
sua massificação no contexto educacional, verificamos um fenômeno de um crescente desestímulo
de participação dos alunos nas aulas de Educação Física, e uma constante busca dos docentes por
novas atividades que despertem os interesses dos educandos. Neste sentido, constatamos que além
das expresões de outdoor que constituem uma forma de retorno do homem à natureza, encontram-se
os jogos tradicionais como atividades motivantes e motivadoras de docentes e discentes com vistas
à mudança de paradigma do desenvolvimento das aulas de Educação Física. A experiência como
docente da disciplina de Jogos Tradicionais na Faculdade de Ciências do Desporto e
EducaçãoFísica, tem traduzido a vontade de todos intervenientes no ensino, ao promover a
realização de cursos e eventos que colocam as atividades lúdicas tradicionais em evidência, seja
pela perspectiva da preservação cultural seja pela consideração da sua adequação aos fins e
objetivos preconizados pelo sistema educacional português. Assim entendendo, buscamos
apresentar todas as potencialidades dos Jogos Tradicionais para o desenvolvimento das aulas de
Educação Física, enquadrando-as num espectro das famílias dos jogos propostos por Pierre Parlebas
no âmbito da Praxiologia Motriz, e evidenciando o desenvolvimento das capacidades e habilidades
motoras inerentes a cada família de jogos em particular.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.