Send to Kindle


Editorial

O projecto de construção da RIGD nasceu com o desenvolvimento da AIGD (Aliança Intercontinental de Gestão do Desporto), e como tudo na vida esta também não apareceu fruto dequalquer momento mágico de criação, mas de um processo com várias fases e momentos desucesso e insucesso, individuais e colectivos.

Em 2003, os gestores desportivos de Portugal e Espanha tentaram criar sinergias e parcerias para desenvolverem as suas estruturas associativas (APOGESD e FAGD), chegaram mesmo a idealizar uma entidade comum a União Ibérica de Gestão Desportiva (UIGD), que acabou por não vingar.

Aproveitando a energia produzida pela organização do 1º Congresso de Gestão Desportiva na Universidade de São Paulo, Brasil, em 2005 reapareceu a ideia de criar um movimento que facilitasse a circulação de informação e conhecimentos entre os gestores de Desporto.

Nos anos seguintes, tentou-se encontrar apoios para se lançar um movimento que integrasse os esforços anteriores e que claramente apontava para o espaço Ibero-americano, aproveitando asfacilidades que a semelhança entre as Línguas Portuguesas e Castelhana e os contextos culturais.A entidade envolvida para dinamizar esta proposta foi a Prefeitura de São Paulo, mas ainda não setinha conseguido congregar e organizar a força e convicção necessárias, para fazer brotar algo denovo.

No entanto, de situação em situação foi possível ir juntando novos voluntários e apreendendo com os erros e omissões cometidos. Em 2009, com o apoio do Município de Guimarães, cidade Berço de Portugal, promoveu-se a primeira reunião que preparou a institucionalização do movimento, com a participação de membros de Portugal, Espanha, Brasil, Moçambique e Cabo Verde.

Tendo então ficado definido que em 2010 seria fundada a AIGD, aproveitando um grande congresso em Maputo, onde foi apresentada e aprovada a Declaração de Princípios, que apontava claramente para o funcionamento na lógica das organizações não formais, lançando mão das novas tecnologias de comunicação e constituindo uma rede de gestores desportivos voltada a todos os países de expressão de línguas Portuguesa e Castelhana.

Em 2010 começaram as reuniões regulares de membros da AIGD através do Skype e em 2011 membros da aliança participaram em Congressos da ALGEDE no México e da EASM em Madrid.

Este primeiro número da RIGD é o fruto mais saboroso de quase dez anos de esforços de dezenas de professores, gestores e estudantes e pretendem que a RIGD seja um poderoso instrumento de inclusão, participação e desenvolvimento de todos aqueles que acreditam que as necessidades colectivas devem sempre superar os anseios e ambições individuais.

Como no passado, eventuais perturbações ou dificuldades no processo de internacionalização e cooperação entre os gestores desportivos deste espaço cultural, serão superados com a convicção que a cada dia que passa vai crescendo, devido a chegada a esta "jangada" de novas forças.

Flávia da Cunha Bastos e José Pedro Sarmento
Directores da RIGD

Endereço: http://revista.universo.edu.br/index.php/gestaoesportiva/article/view/410

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.